Promoção válida para os fins de semana de 14 e 15 e de 21 e 22 de Novembro de 2020. 
Cupão FIQUEEMCASA

Até ao final do ano, entregamos ao domicilio na cidade do Porto, sem custos, no dia a seguir à encomenda.
Valor mínimo da encomenda 15€

  • Produtos
  • 4 extensores de máscaras (alivia a pressão) . salva orelhas

4 extensores de máscaras (alivia a pressão) . salva orelhas

Os extensores de máscaras ou salva-orelhas (4 unidades) em PLA com grampos para regular o fixador junto à cabeça e aos elásticos da máscara, concebidas como fixadores para os elásticos das máscaras e assim aliviar a pressão nas orelhas.
Muito útil a quem tenha que usar máscara durante várias horas.
Estes extensores de máscaras são úteis para aliviar as dores causadas pelos elásticos das máscaras, já que o protetor impede que pressionem as orelhas.

Extensores de máscaras . Fixadores . Salva-orelhas
Reutilizável! 
Super confortável!

Tamanho Grande: Aconselhado a quem pretende usar o extensor no topo da cabeça ou por cima da touca
Tamanho Pequeno: Aconselhado a quem pretenda usar o extensor no pescoço

Um dos problemas associado ao uso prolongado das máscaras sociais é a pressão que o elástico faz nas orelhas. Este incomodo geralmente provoca que se esteja sempre a tentar ajustar a máscara comunitária para aliviar a pressão, aumentando o contacto com a máscara. Além disso leva muitos utilizadores a desistir de usar a proteção e implica um risco acrescido.

Usando um salva-orelhas fica com o problema resolvido. Um acessório que agarra os elásticos na parte posterior da sua cabeça, retirando a pressão e as dores nas orelhas, associadas ao uso prolongado de máscara. Outra vantagem é a possibilidade de segurar os elásticos em várias posições, conseguindo um ajuste mais eficiente.

Agora que as máscaras são um objeto obrigatório no nosso dia-a-dia, o salva-orelhas é o complemento ideal para o uso intensivo.

Veja outros materiais de proteção individual neste link.

Em que situações devo usar máscara?
O uso de máscara é obrigatório em espaços fechados (tirando em casa, se estiver com o seu agregado familiar), como comércios, transportes públicos e locais de trabalho e também é obrigatória no exterior sempre que não seja possível salvaguardar o distanciamento social de dois metros.

No caso do exercício físico intenso, a OMS diz que os cidadãos podem não usar máscara, já que pode “reduzir a capacidade de respirar confortavelmente”. Nestes casos, é importante “manter o distanciamento físico de pelo menos um metro e garantir uma boa ventilação durante os exercícios, acompanhada pela limpeza e desinfecção adequada do ambiente”.

Usar duas máscaras ao mesmo tempo protege-me mais?
Há quem tenha optado pela utilização de duas máscaras – uma por cima da outra – para reduzir a probabilidade de infecção, quando se passa muito tempo num local fechado em que não é possível cumprir o distanciamento social. “O que temos de escolher é uma máscara que seja eficaz”, assegura o pneumologista José Alves. “As pessoas sentem-se mais seguras, mas se tivermos uma [FP]P2 bem colocada, a [FP]P1 não está a fazer nada”, explica. O especialista em saúde pública internacional Tiago Correia concorda: “Se as máscaras forem certificadas, não vejo utilidade neste método.”

A máscara é suficiente para me proteger? O que posso fazer mais?
A utilização de máscara é “uma medida adicional de protecção”, refere a DGS. Só por si, a máscara pode não ser suficiente para impedir a infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2 – a directora-geral da Saúde, por exemplo, ficou infectada por estar num espaço mal ventilado, ainda que tivesse usado máscara durante toda a reunião de trabalho, onde esteve em contacto com uma pessoa que viria a ter resultado positivo no teste à covid-19.

Além da máscara, deve manter-se o distanciamento social, a etiqueta respiratória (tossir e espirrar sempre para a dobra do braço) e lavar e desinfectar as mãos com frequência. Deve ainda ser garantida a desinfecção regular e ventilação adequada de espaços fechados. Como o país está em confinamento, deve ficar em casa.
Veja o artigo completo no jornal Público

Extensores de máscaras . Salva-orelhas . Fixadores para máscaras

Limpar

Pode ser usada em múltiplas profissões: Comércio, Recepcionistas, Entrega de encomendas, Esteticistas, Cabeleireiras, Grávidas, Operações de limpeza domésticas, Pacientes oncológicos, Terapeutas, Cuidadores, Técnicos de laboratório, Preparação de alimentos, …

instruções e características das coberturas faciais comunitárias

As coberturas faciais são destinadas a pessoas que não apresentam nenhum sintoma
clínico de infeção viral ou bacteriana e que não entram em contato com pessoas que apresentam esses
sintomas.
As coberturas faciais não são adequadas para crianças menores de 3 anos de
idade. Recomenda-se que crianças entre 3 e 12 anos sejam supervisionadas enquanto usam a
cobertura facial.

As nossas coberturas faciais  não se enquadram num dispositivo médico (DM), no âmbito da Diretiva 93/42/CEE ou do Regulamento (UE) 2017/745, nem se enquadra num equipamento de proteção individual (EPI), no âmbito do Regulamento (UE) 2016/425.

Escolha o tamanho adequado

As dimensões das peças variam pois todas são confeccionadas manualmente.
O tamanho deve ser determinado medindo a distância entre o topo do nariz e a zona por baixo do queixo.

Tamanho 3 a 5 anos: até 10cm
Tamanho 6 a 10 anos: de 11 a 12cm
Tamanho S (adolescente ou senhora): de 13 a 14cm
Tamanho M (adulto homem ou senhora): de 15 a 16cm

Cobertura facial de protecção
As coberturas faciais não são adequadas para crianças menores de 3 anos de idade. Recomenda-se que crianças entre 3 e 12 anos sejam supervisionadas enquanto usam a cobertura facial.

+ SEGURANÇA

Esta coberturas faciais ecológicas não são uma máscara social certificada e muito menos um dispositivo de uso médico, nem devem ser usadas em ambientes hospitalares ou similares.

Nenhuma máscara lhe dá uma garantia anti vírus a 100% pelo que a melhor atitude será manter o distanciamento social.
Não se deve promover o uso destas coberturas faciais como alternativa às máscaras cirúrgicas para protecção ao vírus COVID-19 ou outros fins!
Deve ser utilizada apenas como último recurso e como complemento a outras medidas de proteção individuais.
Não utilizar durante a realização de atividade física vigorosa.

Devido ao uso demasiado pessoal deste tipo de produto não aceitamos devoluções nem trocas.

MODELO ANATÓMICO

Maior ergonomia com um formato mais adaptado ao rosto e mais facilidade na substituição dos filtros e dos elásticos.

Deve ser notado que as coberturas faciais terão eficácia máxima se forem utilizadas em contato direto com a pele. A barba pode reduzir a eficiência da filtração, abaixo dos limites estabelecidos.

CARACTERÍSTICAS

  • As coberturas faciais são confecionadas em Portugal através de processos manuais e de acordo com o tamanho escolhido
  • A camada exterior é confecionada com tecido, na sua maioria, certificado Standard 100 OEKO-TEX®, exceto quando mencionado na descrição
  • A camada interior, que entra em contacto direto com a face é sempre confecionada com tecido 100% algodão
  • Abertura para colocação de um filtro TNT certificado ou uma máscara cirúrgica descartável homologada
  • Estes serão os verdadeiros elementos de filtragem das coberturas faciais. Deve recorrer às instruções dos fabricantes dos filtros para mais detalhes sobre a eficácia dos mesmos
  • Por questões estéticas pode ser usada por cima da máscara cirúrgica homolgada
  • Disponíveis em vários padrões além do apresentado na foto
  • Prendem à face através de elástico suave ajustável, que pode ser substituído para maior durabilidade
  • Fornecida com 1 filtro amovível de tecido não tecido (TNT) 100% polipropileno com gramagem > 70gr., sem qualquer tratamento ou homologação para fins hospitalares
  • Opcionalmente pode pedir a colocação de um clip de nariz (reduz o embaciamento os óculos)
  • As coberturas faciais são embaladas individualmente, em sacos de polipropileno.

Cuidados de Lavagem

Retirar e inutilizar o filtro ou outro material filtrante (lixo doméstico) sempre antes de lavar
Os filtros não são reutilizáveis e devem ser substituídos a cada utilização.

Cobertura facial
Recomenda-se a lavagem da cobertura facial antes da primeira utilização.

Lavar à mão com água quente até 60º C com detergente de lavagem manual.
Pode ser lavada na máquina, preferencialmente com toalhas ou lençóis e com uma temperatura de lavagem de 60º C.

Não usar amaciadorNão lavar a seco.

Se optar por engomar faça-o a uma temperatura média. Repita esta rotina após cada utilização.
As coberturas faciais mantêm as suas propriedades pelo menos até 5 ciclos completos de limpeza.

Deve ser realizada uma inspeção visual após cada ciclo de limpeza e se detetar algum dano (rasgão, deformação…) esta deve ser inutilizada de imediato (lixo doméstico).

Não use lixívia ou qualquer branqueador.

Não limpe a seco e deixe secar totalmente, mas não deixe ao sol forte por períodos longos pois pode perder a cor.

INSTRUÇÕES DE USO​

A cobertura facial é fornecida com um filtro em TNT 70gr que deve ser sempre inserido na abertura para o efeito. Pode recortar ao tamanho adequado e guardar o restante para outra utilização. Veja neste vídeo a forma de colocação do filtro TNT nas nossas coberturas faciais.

As recomendações atuais da DGS indicam que deve usar qualquer máscara comunitária por períodos curtos, não superiores a 4h e depois trocar por outra limpa, com o respetivo filtro TNT ainda não usado. Se durante a utilização o filtro ficar húmido deve ser substituído de imediato.

Com as mãos bem limpas coloque o TNT ou outro tipo de “filtro” no bolso interior da cobertura facial.
Enquanto a estiver utilizar tente ao máximo não tocar na cara nem no tecido da cobertura facial, se precisar de o fazer lave bem as mãos de imediato.
Retire a cobertura facial pelos elásticos, retire o filtro TNT e coloque-o no lixo doméstico. A cobertura facial deve ser colocada dentro de um saquinho fechado ou diretamente na máquina de lavar. Veja neste vídeo como retirar a cobertura facial em segurança.

Ajuste os elásticos por forma que a cobertura facial fique bem posicionada no rosto.
Preferencialmente deve recolher os nós dos elásticos para a zona interior da cobertura facial. Também pode facilmente substituir os elásticos por novos, ou outro tipo de atilhos mais suaves sem necessidade de costurar e aumentando assim a durabilidade e o conforto.